Destacada recuperação de infra-estruturas sociais da província

09/11/2011 17:23 (Sociedade)

O vice-governador do Kwanza Norte para a área social e económica, Manuel Pereira Abreu da Silva, disse hoje, segunda-feira, em Ndalatando, que a implementação do programa do governo priorizando a recuperação de infra-estruturas sociais, constitui um dos principais eixos de desenvolvimento da província.


O vice-governador do Kwanza Norte para a área social e económica, Manuel Pereira Abreu da Silva, disse hoje, segunda-feira, em Ndalatando, que a implementação do programa do governo priorizando a recuperação de infra-estruturas sociais, constitui um dos principais eixos de desenvolvimento da província.

O responsável que falava a imprensa sobre os ganhos da Independência Nacional, fez saber que a província ganhou alguns empreendimentos de relevo tais como a reabilitação e modernização do aeroporto de Carianga, agora baptizado com a designação de Comandante Ngueto e que será reinaugurado a 11 de Novembro, o regresso do comboio, entre outros empreendimentos que estão a melhorar a qualidade de vida das populações.

Acrescentou que por via deste programa, o executivo local está a prestar particular atenção a construção e reabilitação de infra-estruturas nos domínios da saúde, educação, agricultura, vias de acesso além de trabalhar no reforço da capacidade de gestão das administrações municipais no sentido de torná-las mais eficientes com vista a darem uma resposta mais eficaz aos problemas das comunidades.

Disse que estas e outras mais, como a criação de incentivos para o relançamento da actividade empresarial privada, figuram entre os vários benefícios que a independência Nacional, e agora, complementada com o clima de paz, trouxe para as populações, traduzindo deste modo a capacidade de os angolanos decidirem sobre o seu próprio destino e o que fazerem com as suas riquezas.

Citou ainda como exemplo a reabilitação das estradas que está a possibilitar a viagem de Luanda a Ndalatando em cerca de duas horas, facto que não era possível antes, devido o estado degradado das vias e ainda a retomada da circulação dos comboios dos caminhos-de-ferro que liga Luanda a Malanje, passando por Ndalatando.

"Com a entrada em funcionamento dos caminhos-de-ferro e a recuperação das estradas está mais facilitada não só a circulação de pessoas, mas também de mercadorias", frisou, acrescentando que a recuperação das vias está também a facilitar o escoamento de produtos agrícolas do campo para as cidades.

Com relação a entrada em funcionamento do aeroporto, o governante considera ser uma mais-valia para o Kwanza Norte, visto que vai ligar a província a capital do país em apenas 20 a 30 minutos é uma via rápida, não só para ligação com a capital do país mas também com outras províncias.

Para si, é um empreendimento que vai juntar-se as outras infra-estruturas do sector dos transportes como são as vias rodoviárias e ferroviárias e que contribuirão para o desenvolvimento harmonioso e multifacetado da província.

O responsável referiu que os empreendimentos existentes contribuem para que o Kwanza Norte se posicione e consiga reerguer-se e trilhar os caminhos do desenvolvimento.

A par da construção de escolas primárias e do primeiro e segundo ciclos a nível dos municípios, apontou ainda a criação da Escola Superior Pedagógica do Kwanza Norte que já formou, desde a sua criação cerca de quatro anos, mais de 400 bacharéis em diversas especialidades das ciências de educação, como outro dos ganhos que a província obteve nos últimos 36 anos de independência.

Referiu que igualmente começou a funcionar este ano a Escola Superior Politécnica, uma instituição também de ensino superior, ligada a Universidade Kimpa Vita, vocacionada para a formação de quadros nas áreas de contabilidade e gestão, informática e ciências da saúde.

"É de realçar o esforço que o governo fez visando a implantação do ensino superior na província", admitiu o vice-governador.

Com vista a atracção de quadros à província, Abreu da Silva, disse que um amplo programa de construção de habitações para a sua acomodação está em curso em várias municipalidades da região, além de outras condições que estão a ser criadas, paulatinamente, visando a fixação dos quadros, sobretudo nos municípios, com vista ao reforço da capacidade técnica das administrações municipais.

in Angop













2011 - Portal do Governo Provincial do Kwanza-Norte - Copyright©